Evite comportamentos que podem irritar o seu cachorro

Sinais como agressividade e isolamento indicam que ele pode estar estressado

Sorte de quem tem um melhor amigo em casa, um cachorro para fazer companhia e trazer alegria para o lar. Contudo, assim como os seres humanos, os cachorros têm seus momentos de estresse e o ideal é que os donos evitem certas ações que causem isso. 

Antes de saber quais são essas ações, é bom observar como os cachorros sinalizam que não estão satisfeitos. Por exemplo, se o pet sempre foi tranquilo e calmo e repentinamente passa a ser agressivo, significa que algo o incomoda e é dessa forma que ele conseguiu lidar. 

Outro atitude que indica irritabilidade é o isolamento. Se ele demonstra desânimo ao invés do hábito comum de brincar, algo não está bem com ele. O mesmo ocorre com os latidos, se estiverem cada vez mais constantes, é uma forma dele dizer o que sente.

Sendo assim, o dono além de observar esses sinais, deve procurar um especialista para cuidar dos cachorros e evitar alguns comportamentos que intensificam o estresse:

  • Puxar o rabo: pode parecer inofensivo, mas na verdade os cachorros odeiam que toquem a cauda deles. Para eles, é uma região privada, por isso, deixe sem mexer.

  • Passear na hora errada: os cães, assim como as pessoas, gostam de rotinas. Tente levá-lo para passear em horários específicos do dia, a madrugada, por exemplo, pode atrapalhar o sono e deixá-lo estressado.

  • Presença de outros cães: nem sempre a visita de outros cachorros é bem vinda. O seu pet pode se sentir ameaçado, sendo assim, caso receba, por exemplo, o cachorro de um amigo em casa, não tente forçar uma amizade entre eles.

  • Som alto: os cachorros são muito mais sensíveis ao barulho que os seres humanos, podendo escutar até quatro vezes mais. Evite colocar o som no último volume.

  • Gritar: assim como o som alto, os gritos deixam os bichos irritados também. Se for fazer uma festa em casa, avise os convidados que gritar não é bom para a saúde do cachorro.

  • Fogos de artifício: os fogos de artifício afetam bastante os cães, eles sentem dor, alta salivação e pode levar até a uma convulsão. Existem até técnicas para protegê-los nessas ocasiões, como enrolá-los em faixas, ataduras ou panos para diminuir o desconforto.

  • Regras que variam: os cachorros ficam confusos quando você muda as regras constantemente. Por exemplo, se você deixa eles dormirem na cama e depois os expulsa, eles não entendem qual é a verdadeira ordem, o que gera irritabilidade.

  • Apertos: assim como tocar no rabo, deve-se evitar aquele momento de agarrar e apertar muito o cachorro, isso incomoda. É claro que eles podem até gostar de abraços e carinhos, mas nada em excesso. 

  • Assoprar: uma ação que também parece inofensiva irrita bastante os cães, eles não gostam que assoprem seus focinhos. 

  • Não passear: não é recomendado que os cachorros fiquem o dia inteiro presos dentro de uma casa ou apartamento, eles precisam gastar energias. Por isso, saiam de casa e os deixe correr um pouco.

Com carinho na medida certa e cuidado, os cachorros ficam muito mais felizes. Dê uma vida de qualidade para o seu melhor amigo.

Tags: qualidadedevida

Veja mais